REDESCOBRIDORES DA ALMA!

domingo, 25 de agosto de 2013

Taça Quebrada! By Patrícia Pinna



O cristal fino brindava a união
Do amor e cumplicidade
Na verdadeira intensidade
Jamais imaginando qualquer desunião

Foram formando formatos
De fissuras, aos poucos, pela taça
Visíveis aos olhos do coração
Não mais existindo a bela doação

Partiu o cristal na sua mão
Sangrou em grande proporção
Sentiu dor no profundo corte
Deixou-se fazer um curativo bem forte

Queria ter o poder da renovação
Queria ter o poder da premonição
Para fazer com o que o cristal não partisse
Evitando que alguém se ferisse

Mas ela é uma simples mortal
Sem algum poder sobrenatural
Apenas é movida pelo deus do amor
E de gole em gole, vai provando seu sabor

Sejam mágicas as moléculas
Fazendo a junção da transparente taça
Não permitindo enxergar a fissura
Novamente o líquido brindando
Sem derramar ao chão
Uma gota de doçura.


Autoria: Patrícia Pinna
Imagens: Internet

50 comentários:

  1. Lindíssimo poema Patrícia.
    Um brinde ao Amor...
    Que ele nunca deixe de habitar nossos corações.

    ResponderExcluir
  2. Partiu o cristal mas o amor continuou...Lindo! beijos,chica e ótimo domingo!

    ResponderExcluir
  3. O amor pode ser melindrado, mas se ele for verdadeiro, há como fortalecer ainda mais os laços, depois de um golpe que formam fissuras mas não quebram!Lindíssimo poema querida amiga Patrícia! Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Que bom que a relação, ao contrário da taça de cristal, conseguiu se refazer, se reerguer como sentimento, porque muitas vezes, é assim, a gente até tentar colar os pedacinhos, mas nunca fica igual. Como disse, que bom que a relação foi diferente do cristal. Beijos, amiga. Show!!!

    ResponderExcluir
  5. Hummm, interessante apologia à taça, ao líquido, ao amor.

    Um poema cuidadoso que faz brindes com as rimas e que por fim percebeu que vale a pena lapidar.

    Um preciosidade em versos.
    Beijos Patrícia e bom domingo pra ti querida.

    Lu C.

    ResponderExcluir
  6. "Pra que ficar juntando os pedacinhos
    Do amor que se acabou
    Nada vai colar...
    Nada vai trazer de volta a beleza cristalina do começo
    E os remendos pegam mal
    Logo vão quebrar..."

    http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Belíssimo e profundo o teu poema amiga e poetisa Patrícia Pinna.
    Adorei a leitura.
    Parabéns.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. oi Patrícia, parabéns.
    Um poema pra se degustar.
    Tão bom, que vou ler outra vez.

    beijo grande♥

    ResponderExcluir
  9. Com cristais a coisa é séria e aparentemente irrevogável...mas com cacos se faz muita coisa linda...amei amiga, parabéns!

    ResponderExcluir
  10. Delicadas palavras de cristal...
    Adorei.
    Um bj

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde Patricia.. o brindar da união é inesquecivel.. mas se o amor perde o brilho o cristal fica opaco e quebra.. que possamos sempre manter o equilibrio de nós mesmos para não nos frustarmos com o desfazer da união.. bjs e um lindo dia

    ResponderExcluir
  12. Entre taças sorve-se o vinho, a doçura, a fissura, o amargor...Outra taça...outro vinho...e segue-se a vida.
    Belo texto, Patrícia Pinna!

    Carmem Teresa Elias
    poesiasdecarmemteresa.blogspot.com
    blogdolivropoesiasaoacaso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Parabéns pelo poema querida amiga..

    Bjs.Sol

    ResponderExcluir
  14. Patrícia

    O teu poema é bem o antidoto a que alguém de fira, mesmo que, com as mais pequenas partículas de cristal partido. De tal modo, a tua acho bem a tua construção poética, que a própria base no cristal torna o torna singular.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Belo poema! Achei-o fluido e sentido, dotado duma bela metaforização.
    R Courmayeur
    www.acordesdaindignacao.blogspot.fr

    ResponderExcluir
  16. Olá Patricia, boa tarde amiga! Que lindo poema, com o tempo vamos vendo as fissuras e a delicada rachadura...Mas se o amor é grande e forte, trocamos as taças e brindamos um novo recomeço...Como sempre um belíssimo poema ao amor. Parabéns.
    Beijos com muito carinho.
    Marilene

    ResponderExcluir
  17. Olá querida Patrícia, fico encantada quando leio suas poesias você escreve de tal maneira que me deixa pensando o quanto você é criativa, e talentosa.

    Apenas é movida pelo deus do amor
    E de gole em gole, vai provando seu sabor. Muito linda parabéns!

    Tenha um domongo-feliz, viu?
    bjs

    Maria Machado

    ResponderExcluir
  18. Texto forte com gostos e gestos grandiosos de ousadia, uma constante de arranjos bem colocadas, na medida de quem entende de palavras belas.Grande beijo do leitor de longa data.:-BYJOTAN.

    ResponderExcluir
  19. Oi,Pat! Quem me dera ter este dom de juntar palavras e transformá-las em poemas ou poesias. Parabéns! Beijo, Lylian

    ResponderExcluir
  20. Parabéns poetisa Patrícia Pina! MUITO BOM!!! Belo!!!

    ResponderExcluir
  21. Olá amiga Patrícia, gostei muito do sentido do seu poema. Ficou um poema muito belo...

    Beijos em seu coração!

    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  22. Oi Patrícia, que lindo, adorei!!
    Tenha uma linda semana, beijos!!

    ResponderExcluir
  23. Patrícia,

    em toda taça do amor há fissuras, é preciso que ele seja maior que elas afim de sobrepujar por ele em si o que pode estilhaçá-la. Lindo poema! Extremamente significativo. Gr. Bj.!

    ResponderExcluir
  24. Uma saúde ao que de melhor mora em nós.

    beijo

    ResponderExcluir
  25. Lindo demais!!!
    E hoje estou assim, jutnando os cacos de mim.
    bjs e excelente semana
    Ritinha

    ResponderExcluir
  26. Quanta sensibilidade e profundidde, linda amiga Patrícia. Bom demais ler voce, embora cometa a indelicadeza de não deixar comentários...bjs, viu

    ResponderExcluir
  27. Que o amor vença todos os obstáculos e as fissuras da vida derramando toda a ternura em ti.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  28. Quando se quebra a taça do amor,fica dificil juntar os caquinhos depois.Uma poesia maravilhosa,Patricia!bjs e boa semana pra vc,

    ResponderExcluir
  29. Olá. o sentido do poema é apaixonante, sem duvida que foi escrito com enorme sentimento, é lindo.

    ag

    ResponderExcluir
  30. Obrigadfão pelos carinhos ,Patrícia! Uma semana linda!bjs.chica

    ResponderExcluir
  31. Lindo poema. Devemos sempre brindar ao amor. Bjs.

    ResponderExcluir
  32. Feliz segunda-feira!

    Como você passando estes dias.....
    Deixo um beijinho pra você.
    Nicinha

    ResponderExcluir
  33. "Estou passando no seu cantinho para lhe desejar
    uma semana promissora alegre e muito feliz
    porque você merece tudo de bom."

    Beijos!
    Brinda ao amor ´se sempre bom.
    Ana

    ResponderExcluir
  34. Ótimo poema, Patrícia...por mais cuidado que possamos ter, quebrar alguns cristais pela vida acaba sendo inevitável, mas só assim aprendemos a lidar com suas fragilidades e cuidá-los como merecem. Um abraço!

    ResponderExcluir
  35. O amor comparado ao cristal... O cristal se estilhaça e o amor se desgasta e enquanto o primeiro não pode ser restaurado, talvez o amor possa ser.
    bjkas doces e boa semana.

    ResponderExcluir
  36. AMIGA NAO SEI SE COMENTEI NO LOCAL CORRETO, SEU BLOG ESTÁ UM ENCANTO.. APAIXONANTE DE VERDADE.. PARABÉNS POR SER ESSA PESSOA LINDA...

    ResponderExcluir
  37. OI PATRICIA!
    QUE BOM TERES IDO LÁ NO "SÓ PRA DIZER".
    NO DECORRER DA VIDA, MUITAS TAÇAS VIMOS QUEBRAREM-SE BEM A NOSSA FRENTE SEM QUE PUDÉSSEMOS COLÁ-LAS,ENTÃO, SÓ HÁ QUE CUIDÁ-LAS...
    LINDO TEXTO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  38. Querida amiga

    O amor tudo crê,
    tudo pode,
    tudo busca
    e tudo realiza...

    Que a alegria dance
    em tua vida apaixonadamente.

    ResponderExcluir
  39. Que lindo,Patricia!

    Operei o olho e estou afastada de meu blog,pois ainda não enxergo bem.

    Em setembro,ainda não sei a data,eu retorno para postar.

    Tenho entrado no blog pouco,só para liberar os comentários e todos os que vejo publico.Nada excluo.Não sei o motivo de não ver os seus.


    Obrigada pela visita e lindo fim de semana


    Beijos

    Donetzka


    Face Book: Donetzka Cercck

    ResponderExcluir
  40. Patricia!


    Ando correndo quase voando. Mas vim, retribuir seu carinho, retribuição de graça,e há.

    Continue sem derramar uma gota. Servindo-nos com toda sua graça!

    Um beijo, Ziris

    ResponderExcluir

  41. Olá Patrícia,

    Poema muito lindo.
    Não há como viver um amor sem algum desgaste, por mais que o cuidemos com a delicadeza com que se cuida dos cristais. Estes são irrecuperáveis quando são partidos, mas o amor tem o poder de ser restaurado enquanto sua chama arder.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  42. OLA MINHA QUERIDA!
    Um brinde ao verdadeiro amor que é...ainda bem.... muito mais resistente que o cristal.TIM...TIM...
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  43. Patricia,

    Isso acontece com tanta frequencia, é uma pena, e nem dá para juntar pedaços, as emendas nunca são perfeitas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  44. O que não pode ser permitido é que se parta, porque depois de partida a taça nunca mais será a mesma ... Mas as rachaduras tem como consertar.

    Poema lindo, é verdade as vezes nos sentimos como uma taça trincada, mas nada que um bom diálogo, carinho e muito amor não resolva.

    Parabéns Patrícia, lindo ...

    Deixo pra você um abraço carinhoso
    My
    www.massovita.com

    ResponderExcluir
  45. Boa noite!!!
    Um amor um vinho e uma taça quebrada
    coisa boa de ler heim mocinha alegrou minha noite ..
    Bjuss com carinho
    └──●► ¸.·*´¨) ¸.·*Rita!!

    ResponderExcluir
  46. A taça, por si só, não tem valor. Este reside em seu conteúdo. Pode ela se quebrar e o sentir permanecer intacto. Grande beijo!

    ResponderExcluir
  47. Lindo poema querida Patricia brindemos o amor sentimento mais completo e maravilhoso que podemos sentir,doar distribuir,e em nós sempre será maior parabens um poema muito lindo receba um abraço com carinho marlene

    ResponderExcluir
  48. Que lindo!
    O amor sempre vence.
    Emocionante querida Patricia, bjs no coração.

    ResponderExcluir
  49. Lindo este poema, amiga. A parabenizo de pé!

    Bjsss

    ResponderExcluir

A verdade está em mim, sou amante dela com todo o fervor, e desse modo peço que todos que aqui passarem, comentem com a alma, com paixão e verdade, deixando a sua opinião particular e individual, afinal, somos seres únicos com visões diferentes!
Que a alma de cada um de vocês transborde nesse espaço tão meu, tão nosso!
Obrigada e beijos na alma!!!!!!!!!!

Patrícia Pinna.