REDESCOBRIDORES DA ALMA!

sábado, 1 de outubro de 2016

Sabotagem By Patrícia Pinna


Vivenciar o amor, saboreá-lo em todos os seus gostos
É como tentar alcançar o seu sentimento selado
Em descrédito, em confusões e dissoluções

Pequena dama, grande alma
Sede de tudo, fome do nada
Labirinto toma a forma  o seu coração
Esquece-se da razão, indaga: -"Quem é ela"?

Perdida quase sempre, feliz vez em quando
Esporadicamente passageira de luz
Mora mais no abismo das trevas
Todavia, quando pela fresta
Vislumbra um microscópico sorriso
Aventura-se em desatino, emoção sem medida
Distração, coesão!

Deus vela por ela, protege-a da faca carregada consigo
Desarma a teimosia, insensatez, a culpa, a vergonha
Enfatizando o brilho estelar, serenidade
O imbatível compasso da felicidade
Manto mais do que sagrado
Escondido nos meandros da sua própria sabotagem.


Autoria: Patrícia Pinna
Direitos autorais reservados
Imagens: Internet


22 comentários:

  1. Muito lindo,Patricia! Ótimo domingo, beijos, chica

    ResponderExcluir
  2. Fantástica querida amiga palavras carregadas de sentimentos que florescem tão nobre ser ,é sempre um enorme prazer aqui estar ,que Deus ilumine sempre a sua vida ,beijinhos no seu lindo coração.

    ResponderExcluir
  3. Nos meandros da própria sabotagem, os versos com fome de tudo e sede de nada , abrigam-nós contra os abismos ...

    Que bom que se exprime em poesia, Patricia
    Que bom!!

    ResponderExcluir
  4. Olá Patrícia! Lindo poema. Maravilhoso mesmo.

    Bom Domingo, beijo.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Bela poesia Paty! E infelizmente a gente muitas vezes sabota o amor! bjs,

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Belo sentir da alma estimada e iluminada poeta. Parabéns!!! Beijos d e luz na alma e coração sempre!!!

    ResponderExcluir
  8. Ás vezes sabotamos os sentimentos como uma forma de defesa. Belo e profundo poema, Patrícia Pinna! Boa tarde e abençoada semana, amiga! Bjs no coração.

    ResponderExcluir
  9. O acaso protege os que sabotam a si mesmos, perdidos no abismo dos proprios sentimentos...

    Beijos, Patricia...

    ResponderExcluir
  10. Espera-se que o amor flua livremente e belamente, mas no curso deste há sempre umas pedras, onde é preciso a perseverança para romper as barreiras, que muitas vezes estão dentro de nós mesmo.
    Bonita inspiração e seja bem vinda de volta ao mundo da poesia.
    Uma boa semana e paz no coração.
    Bjs de paz.

    ResponderExcluir
  11. Sabotagem, é o que fazemos com os sentimentos, tantas vezes, para não sofrermos, para que não nos vejam sofrer... Um poema intenso, Patrícia. Gostei.
    Uma boa semana.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Que talento maravilhoso!!!!!
    Brilhante em tudo que escreve.
    Esse poema é belo e profundo.
    Amei e principalmente..amei a sua volta.
    Rosa Valverde

    ResponderExcluir
  13. Bonito poema, Patrícia. ♥ Às vezes a emoção é tanta que soterra a razão, deixando a pessoa sempre na defensiva, com um pé atrás, hora se resguardando, hora se preparando para o ataque. Não faz bem amar assim, nem viver assim. Coração sofre demais. É preciso relaxar.

    "Deus vela por ela, protege-a da faca carregada consigo"

    Que a serenidade tome conta desse coraçãozinho tão querido.

    *beijos*

    ResponderExcluir
  14. "Quem quer viver um amor, mas, não quer suas marcas, qualquer cicatriz. A ilusão do amor não é risco na areia é desenho de giz", diz João Bosco em uma de suas composições que mais gosto. Pois é. Amar é um risco, e se aventurar, pular num abismo de rosas. É vivenciar ou não, a emoção, pagar seu preço, apostar, não há meio termo, meio amar, não se ama com contenção, senão a segurança de uma vida mais ou menos, sem emoção. Amar apaixonadamente é se deixar levar é um instante que vale uma vida toda, é não ter certeza de nada, da hora da chegada, só partir, certeza é coisa de ciência exata, matemática. Amar apaixonadamente é emoção, é penetrar num território sem dono. Quando vemos, estamos lá, se deixado levar, sem nos aperceberemos. Beijos, Pat.

    ResponderExcluir
  15. Os altos e baixos de uma relação de amor a torna ainda mais interessante, basta serem intensamente apaixonados...

    ResponderExcluir
  16. Nem tenho palavras. Tenho amado cada vez mais o que escreves!
    Puxa que lindo isso, inspirador!É tão verdadeiro quem nem nos dá muitas alternativas para tecer comentários, apenas ficamos com aquela cara de..."putz! O que ela esta esperando para lançar um livro?
    Bjsss

    ResponderExcluir
  17. Lindíssimos versos Patricia.
    Agradeço o seu carinho por lá
    Um apertado abraço e beijinhos de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  18. Lindíssimos versos Patricia.
    Agradeço o seu carinho por lá
    Um apertado abraço e beijinhos de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  19. Lindo, Patrícia, quantas vezes somo os sabotadores de nós mesmos, e muitas vezes para não sofrermos. Foto linda demais, que paz!
    Beijos, amiga.

    ResponderExcluir
  20. Muitas vezes de tanto nos querermos proteger, somos nós próprios que nos ferimos, precisamente porque nunca devemos contrariar os sentimentos.
    Belo poema, Patricia.
    Bj

    ResponderExcluir

A verdade está em mim, sou amante dela com todo o fervor, e desse modo peço que todos que aqui passarem, comentem com a alma, com paixão e verdade, deixando a sua opinião particular e individual, afinal, somos seres únicos com visões diferentes!
Que a alma de cada um de vocês transborde nesse espaço tão meu, tão nosso!
Obrigada e beijos na alma!!!!!!!!!!

Patrícia Pinna.