REDESCOBRIDORES DA ALMA!

domingo, 19 de fevereiro de 2017

O Nascimento da Estrofe By Patrícia Pinna



Uma estrofe quer NASCER 
Versos por prazer da felicidade
Na contramão dessa apatia
Nada existe que pulse, pulse, pulse
Nem o luar, as muitas estrelas que nada dizem
Intocadas, permanecem no firmamento, ao relento

As células querem dividir-se em surto de loucura
Uma alegria INFLAMADA
Com a passagem dos pássaros na CLARIDADE
A efemeridade não permite que assim seja
E, o "amém", sufoca nos anseios de vida

Bálsamo inexistente, um olhar pardo
Desses que lançamos em dia nublado
Numa inércia que os céus veem e lamentam
Na rouquidão expressiva da voz

Nem os seres angelicais emanaram a presença interior
Decodificadores em sutis momentos de entusiasmo da alma
Vivenciara o último suspiro
Vestindo-se de pranto destruidor
Regado com o inverso do nascimento, grade
Assim, abriu os olhos sem vontade!


Autoria: Patrícia Pinna (Todos os direitos autorais reservados)
Imagens: Internet.





25 comentários:

  1. Olá Patrícia.
    Gostei de seu poema.
    Poema inspirado e bem construído.
    Parabéns.
    Uma boa semana.
    Abraços.
    Pedro.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Patrícia, belo poema, gostei muito da construção do primeiro verso!
    Beijo, amiga, uma bonita semana pra você.
    Hum, olha a 'minha metade' aí em cima...rss

    ResponderExcluir
  3. Aqui, vindo de ti, as estrofes nascem lindamente..Beleza de poesia! bjs, bom te ver! chica

    ResponderExcluir
  4. O bonito das palavras é quando a descobrimos intensas... Abraço...

    ResponderExcluir
  5. Na subtileza das palavras floresce tao belo momento de poesia querida amiga,palavras embevecidas com a pureza de um dócil coração que emana tão belos sentires ,muitos beijinhos no coração querida amiga

    ResponderExcluir
  6. Uma reflexão necessária a cada dia, uma linda construção poética , parabéns, querida

    ResponderExcluir
  7. As vezes elas nasce de parte natural e por vezes cesárea rs...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  8. Se a estrofe quer nascer que traga esse prazer e felicidade...
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. O nascimento nem sempre é um processo fácil...pode haver ou não imprevisto. Assim é com os poemas,às vezes eles surgem naturalmente e outras não. Parabéns pelo belo poema, querida Patrícia! Boa tarde e ótima semana! Bjs no coração.

    ResponderExcluir
  10. O poder da criação e o florescer das palavras que se encaixam harmoniosamente na mais acelerada pulsação, que faz o poema vibrar.
    Eis a obra pronta a nos encantar.
    Seja bem vinda Patricia e não permita que os versos fiquem a gritar dentro de uma gaveta onde a poesia nunca deve estar.
    Uma boa linda semana para voce.
    Bjs de paz querida amiga.

    ResponderExcluir
  11. Perfeito!!!!
    Poema lindo só pode vir de uma alma bela como a sua.
    Uma reflexão traduzida em poesia.
    Inspiração divina.
    Amei
    Rosa Valverde

    ResponderExcluir
  12. Oi Patrícia, como está poetisa?
    Tudo bem?
    Sua inspiração continua um campo florido e verdejante: nunca cessa!!

    Belíssimo poema, inspiração proveniente de sua sensibilidade...
    Inclusive induz a uma grande reflexão..
    Quando tiver a inspiração, imediatamente precisa criar, se deixar envolver e levar pelas palavras...
    Jamais cerceie sua inspiração querida, mesmo que o momento não seja propício, mesma que a felicidade seja tardia, mesmo nas tristezas da vida, a poesia tem que prevalecer, SEMPRE! Os versos devem nascer!!!

    Adorei, como não poderia deixar de ser!!
    Um grande beijo e desejos de um belo feriado de carnaval antecipado!! :))

    ResponderExcluir
  13. Boa Tarde, Pat. Pois é. Esse misterioso poder criador, que impulsiona, que vem do âmago, sem aviso, de improviso. Que faz de fatos corriqueiros, quando menos esperamos, brotar a flor do solo desertifico, seco, alegria ou dor, algo, um acontecimento, o aflorar de nossos sentimentos. Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Vc sabe fazer nascer versos simples e belos...

    Beijos,Patricia...

    ResponderExcluir
  15. Um poema que vem do fundo da alma... Sinceros versos que nascem e são compartilhados com perseverança...
    Obrigada pela visita... Abç

    ResponderExcluir
  16. E as estrofes nascem vindo da alma do poeta para encantar o leitor.
    Maravilhoso poema
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  17. Querida Patrícia, só consegui acessar ao seu blog por aqui,
    que belo nascer de uma estrofe, na maioria das vezes o nascimento se torna imensamente difícil, mas quando nasce vem nos trazer alegria ímpar, como este poema belíssimo. grande abraço!

    ResponderExcluir
  18. Quando um estrofe nasce, a alma humana é representada através de versos e poesias. Linda postagem! Ótimo fim de semana. Beijinhos estalados.

    ResponderExcluir
  19. Olá meus amigos

    Parabéns pelo blog, muito legal. Já estou seguindo
    Aproveitamos a oportunidade para compartilhar também com vcs
    o nosso Blog. Se desejar siga-nos e receba uma Mensagem Edificante para Alma
    http://josiel-dias.blogspot.com.br/

    Deus abençoe ricamente

    Josiel
    Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  20. Querida Patricia, você é uma poetisa deslumbrante, você brinca com as letras com perfeição e maestria, gosto muito.
    Parabéns, beijinhos, linda semana e grata por sua doce visita.

    ResponderExcluir
  21. Patrícia, em tuas mãos, em teu cantar, sua poesia continua vibrante e viva. Você tem o caminho para dizer o que lhe vai na alma. Parabéns e um grande beijo.

    ResponderExcluir
  22. Patrícia, Patrícia... admiro a sua competência de fazer um poema sensível como este sobre a Estrofe. Lindo!

    ResponderExcluir
  23. Olá, Patricia: como humanos, nascemos, vivemos e morremos. Mas a poesia nasce, por vezes de partos difíceis, mas nunca morre, vivendo sempre a cada leitura.
    Eis o que captei na tua sedutora construção.
    Bj 😊
    Odete Ferreira do blogue portste-mal

    ResponderExcluir
  24. Olá Patrícia,

    Amei o blog, amei os poemas. Procura-se tanto a beleza e ela está lá dentro da palavra. Poesia, esperando por alguém que tenha a chave para libertá-la. Você tem.

    ResponderExcluir

A verdade está em mim, sou amante dela com todo o fervor, e desse modo peço que todos que aqui passarem, comentem com a alma, com paixão e verdade, deixando a sua opinião particular e individual, afinal, somos seres únicos com visões diferentes!
Que a alma de cada um de vocês transborde nesse espaço tão meu, tão nosso!
Obrigada e beijos na alma!!!!!!!!!!

Patrícia Pinna.